Palace Hotel - Caxambu

domingo, 4 de dezembro de 2016

Vantagem JF - Carla Bastos Art's & Eventos





O Maior grupo de Vantagens da zona da Mata. www.facebook.com/groups/Vantagemjf
Foco: sorteios, promoções e descontos. 
Responsável; Carla Bastos Art's & Eventos, empresa especializada em mídias sociais, divulgação em massa, panfletagem virtual, divulga empresas e eventos em geral.
Contatos:
Facebook: www.facebook.com/marketingcarlabastos
Whatsapp: 32 991772400 - Telefone: 32 999272400
Email: crwba@hotmail.com
Twitter: https://twitter.com/CarlaBastos2410
Instagram: www.instagram.com/carlabastosartseventos
Skype: carla.bastos.robaina
YouTube: www.youtube.com/user/SuperTata1975

sábado, 3 de dezembro de 2016

Atleta Caxambuense Kleber Santos (Binho)

Atleta Caxambuense Kleber Santos (Binho)

A ADHC, vem por meio deste apresentar o Atleta Caxambuense Kleber Santos (Binho), caxambuense de 36 anos, praticante de atletismo com um currículo de respeito.

Nome: Kleber Felipe dos Santos
Idade: 36 anos
Profissão: Atleta
Naturalidade: Caxambu
Esporte: Atletismo
Família: Tudo, base para uma vida
Primeira Grande Corrida: 18km em 2006
Grande Incentivador: Prof. Denilson Martins
Idolo no Esporte: Airton Senna

Um Sonho: Um título internacional, ver o esporte ser reconhecido e se tornar missionário

Dificuldades: Apoio, reconhecimento e pouco investimento no esporte

Um Grande Feito: 5º colocado no Mundial da Holanda em 2015

Destaque de 2016: Conquistar o 13º lugar na sua categoria no mundial da Espanha na prova de 100km, fato que ajudou o Brasil ficar em 9º colocado na classificação geral

Projeto para 2017: Uma boa classificação na prova BR (217km), prova internacional entre São João da Boa Vista –SP e Paraisópolis –MG

Esporte em Caxambu: Falta apoio, investimento: apesar de Caxambu ser um celeiro de atletas em todas as modalidades o esporte e tratado com muito amadorismo e muitos atletas não tem o reconhecimento e a valorização que merecem.


Na prova de 100km na Espanha maior dificuldade: O frio



Um sonho como praticante de atletismo: Poder criar nos bairros polos de treinamento de atletismo e incentivar crianças e jovens

Patrocínio ideal: Para poder custear: treinamentos, viagens e equipamentos, cerca de 03 salários mínimos

Tem algum apoio: Sim, CRAC, Hotel Lopes, Autoescola OCA, Pousada Aguas de Caxambu e Academia Corphus

     
A ADHC, faz essa pequena homenagem a quem com certeza e o maior nome do esporte Caxambuense da atualidade.



Waldir Tapetti
Presidente ADHC

Sind - UTE - A Casa dos Movimentos Sociais

Sind - UTE
A Casa dos Movimentos Sociais


O projeto “A Casa dos Movimentos Sociais” é uma iniciativa do Sind-UTE/MG (Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais) subsede Caxambu para apoiar os diversos movimentos sociais da cidade e da região. Partindo dos princípios de união e de solidariedade de toda a classe trabalhadora, o Sind-UTE/MG Caxambu busca apoiar e fomentar os movimentos sindicais, estudantis e populares, com o objetivo de promover a independência dos trabalhadores perante os patrões, o Estado e os oportunistas, e a construção das mobilizações que visam a defesa dos direitos sociais e coletivos, e o desejo da edificação de uma sociedade justa, fraterna e igualitária.



Por isso propagamos em voz alta: “Somente a luta muda a vida! Unidos, somos muitos mais fortes!”




















sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

VEM PRA RUA CAXAMBU!

VEM PRA RUA CAXAMBU!

Neste domingo estaremos de volta às ruas para protestar contra as formas corruptas de se fazer política que nossos parlamentares insistem em fazer. Contra a distorção das 10 medidas anticorrupção, pelo fim dos privilégios em geral e em favor da Lava Jato. 
Trata-se de uma manifestação democrática, sem vínculo partidário. Se você é de Caxambu ou de alguma cidade vizinha, está insatisfeito com a situação do país e com a postura de nossos representantes, junte-se à nós!
É neste domingo, 04/12, às 10h00, com concentração na Travessa Nossa Senhora dos Remédios, em frente à Escola Estadual Ruth Martins de Almeida (EERMA).
A gente se vê!

Leilão de Gado


quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

UninCor Caxambu promove ciclo de palestras para estudantes e a comunidade

UninCor Caxambu promove ciclo de palestras para estudantes e a comunidade

A UninCor Caxambu promoveu na última quarta-feira, [30], um ciclo de palestras para estudantes, profissionais do Direito e a comunidade na plenária da Câmara Municipal da cidade. 



O encontro contou com a presença do Auditor Fiscal do Trabalho, Dr. Leandro Marinho, que se graduou no Curso de Direito da UninCor e compartilhou sua experiência quando era estudante, falou da dedicação nos estudos e, como profissional, abordou o tema do Trabalho Escravo. 



Também participou do evento, o Juiz de Direito da Comarca de Baependi, Dr. Flávio Junqueira, que falou da carreira, os desafios dos concursos públicos e explanou sobre sua experiência da magistratura sem deixar de comentar as alterações realizadas na emenda do pacote anticorrupção que prevê condutas e punições por abuso de autoridade a juízes e membros do Ministério Público. 

"Perto do encerramento do semestre letivo, este foi um excelente momento para os alunos acompanharem um pouco da experiência de dois profissionais de sucesso, em áreas distintas, sendo que um deles estudou na mesma instituição que eles agora estudam. Os convidados, ainda, passaram aos acadêmicos que só estudo com afinco e dedicação pode ajudá-los a conquistarem frutos valiosos, e que eles podem chegar aonde eles quiserem", comentou o Coordenador do Campus, professor Paulo Afonso Daher Júnior.



Cristiano Sávio
Assessoria de Comunicação e Marketing 
UninCor - Universidade Vale do Rio Verde

FILME "NASCIDA DE NOVO" - Estreia hoje em Caxambu

FILME "NASCIDA DE NOVO"



O Nascida de Novo, baseado em historia real, é uma adaptação do livro autobiográfico de Mary Grace Hughes. O drama possui uma proposta inusitada e desafiadora, ao lidar com a jornada do ser humano, em alcançar em meio aos sofrimentos, seus triunfos. Uma história de superação.
O roteiro utiliza técnicas inovadoras de filmagens e efeitos visuais, trazendo luz à arte cinematográfica, uma trajetória de vida entre dois mundos; o REAL e o SOBRENATURAL. É um filme INDEPENDENTE, DIGITAL, ALTA DEFINIÇÃO e recebeu da Ancine, o selo de qualidade de exportação. (Isto nos confere a honra de podermos concorrer ao Oscar de melhor filme estrangeiro). 
O filme tem locações e cenários internacionais, que foram desenvolvidos na cidade de Juiz de Fora, retratando fielmente os períodos em que a história aconteceu, mantendo os padrões de cores, móveis e objetos de arte em sua íntegra, ele foi realizado nas cidades de Juiz de Fora, Rochedo de Minas, São João Nepomuceno, Mar de Espanha, Oliveira Fortes.


Estreia hoje : Cine Caxambu às 21:00



Confira o nosso trabalho no site: www.nascidadenovo.com.br




Ficha Técnica
Direção: Mary Grace Hughes
Roteiro: Mary Grace Hughes
Direção de Fotografia: Hudson Mitherrofer
Edição: Roberto de Araújo Junior
Produção: Mary Grace Hughes
Idealização: Produtoras MG Filmes e Starcine
Elenco Principal: Nicoly Ribeiro, Laura de Oliveira e Carol Cardoso


Carla Bastos

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Codemig abre editais para concessão do Minascentro, rodoviária de BH e imóveis no interior

Codemig abre editais para concessão do Minascentro, rodoviária de BH e imóveis no interior



A Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) abriu edital para concessão onerosa de uso do Centro de Convenções Israel Pinheiro da Silva – Minascentro, para a reforma, modernização e manutenção do imóvel, além de sua gestão e exploração comercial. O edital está disponível no site da Codemig  (www.codemig.com.br), na aba Licitações ou clicando aqui.
A licitação, que será na modalidade pregão presencial, ocorrerá no dia 11 de janeiro de 2017. Os pedidos de esclarecimento poderão ser enviados por e-mail para o endereço licitacoes@codemig.com.br.

Outro edital de concessão, desta vez para concessão de uso de espaços públicos, a título oneroso, prevê a concessão de dependências localizadas no terminal Rodoviário Governador Israel Pinheiro, em Belo Horizonte. A atribuição de encargos está relacionada à prestação de serviços de gestão de conjunto comercial, incluindo o desenvolvimento, a implantação, a comercialização e a administração de atividades comerciais para atendimento das necessidades e conveniências de consumo dos usuários do Terminal.

O edital também está disponível para download na página da Codemig, na aba Licitações, ou clicando aqui. A licitação que será na modalidade pregão presencial ocorrerá no dia 12 de janeiro de 2017. Os pedidos de esclarecimento poderão ser enviados por e-mail para o endereço licitacoes@codemig.com.br.

Imóveis

A Codemig torna público, ainda, que realizará concorrência para alienação de imóveis. Poderão participar da licitação empresas e pessoas físicas que atenderem às condições estabelecidas no edital, que se encontra à disposição dos interessados no site da Codemig ou na sede da empresa, na Rua Manaus nº 467, bairro Santa Efigênia, Belo Horizonte, até 19 de fevereiro de 2017. Os imóveis são os seguintes, separados por município:

Curvelo
Uma gleba de terreno, medindo 356.829,21 m2, localizado no município de Curvelo, à rua Poços de Caldas, s/nº e BR 135, no contorno da cidade, distante aproximadamente 3 quilômetros do centro urbano.

Caxambu
Um terreno urbano, medindo 505,73 m2, situado na rua Conselheiro Mayrink, antigos números 319 e 329 de edificações que foram demolidas na cidade de Caxambu. 
Santa Luzia
Terreno remanescente do Distrito Industrial de Santa Luzia IV, com área total de 17.499,66 m², localizado na região denominada Carreira Comprida em Santa Luzia, na avenida Dr. Ângelo Teixeira da Costa, 755.

Outras informações pelos telefones: (31) 3207-8991, (31) 3207-8992 ou pelo site www.codemig.com.br/licitacao.

Fonte: De Fato

Oportunidade de Emprego - Hospital São Lourenço

Hospital São Lourenço
HÁ VAGA PARA COZINHEIRA NO HOSPITAL








O Hospital São Lourenço oferece uma vaga para COZINHEIRA, para atuar no Serviço de Nutrição e Dietética (SND) da instituição.

REQUISITOS:
- preferencialmente do sexo feminino;
- ter experiência na área;
- ter disponibilidade de horário.

ATÉ A PRÓXIMA SEXTA-FEIRA (2 DE DEZEMBRO), os currículos deverão ser:
- enviados através do e-mail curriculo@hospitalsaolourenco.com.br OU
- colocados no porta-currículos situado na entrada do Departamento Pessoal do Hospital (ao lado do Carnê).

terça-feira, 29 de novembro de 2016

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Hotel Caxambu - Cinco lições do hotel mais antigo do Brasil para a hotelaria

Cinco lições do hotel mais antigo do Brasil para a hotelaria
Fundado em 1886, o hotel Caxambu, na cidade de Caxambu, em Minas Gerais, é o hotel mais antigo em operação no Brasil. Com mais de 130 anos, este "patrimônio" da hotelaria nacional mostra que tem muito o que ensinar depois de ter seus valores e estratégias testados ano após ano.

O que nunca muda em seu atendimento? Como tem incorporado tecnologias para atender a hóspedes de lazer e viajando a negócios? Como trabalha seu diferencial?



Diretor do empreendimento, Amaro Gadbem conta um pouco de como o Hotel Caxambu tem feito para se manter e crescer nos últimos anos e como aprimorou o atendimento ao corporativo - ainda que a cidade não seja um grande destino de viagens a negócios. Para ele, aliar a essência da hospitalidade a equipamentos hoteleiros modernizados, foco na atualização de serviços, atuação conjunta com entidades locais e sobretudo ouvir o hóspede foram indispensáveis nesses anos do hotel.

OUVINDO O CLIENTE
Estar constantemente se atualizando em relação às tendências do mercado e ouvir o que os clientes têm a dizer é um dos segredos de um hotel para se manter em operação tanto tempo. Gadbem frisa que é fundamental procurar oferecer novos produtos e serviços que estejam alinhados não só com o desejo dos clientes, mas também com o posicionamento do destino.

INVESTIMENTO
Uma administração atenta à demanda futura pode ser os alicerces para um hotel durar mais de um século. "Estamos sempre procurando oferecer inovações, de forma que as reformas são contínuas. Foi construído um prédio que dobrou a capacidade do hotel em 1986, a recepção foi deslocada para melhorar conforto e acessibilidade, o restaurante foi ampliado, construímos um salão de eventos, os quartos deram lugar a suítes e foi feita uma área de lazer externa", conta o diretor sobre o maior investimento já feito pelo hotel.

ASSOCIAÇÃO
Para o Hotel Caxambu, associativismo e trabalho em conjunto são importantes para colocar um hotel em sintonia com o destino (sua localização). Nos últimos anos, a administração do hotel se associou ao Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Caxambu (Sigah Caxambu) e ao Convention & Visitors Bureau da região.

O hotel também trabalha com projetos regionais que colaboram para seus serviços - no caso, ele associou-se à iniciativa privada em um projeto envolvendo empresários de seis cidades do Circuito das Águas para melhor integração entre os municípios. O Circuito das Águas Paulista é o destino turístico de estâncias hidrominerais da região.

CONSULTORIA
Reposicionamento da marca através de consultorias personalizadas contribui para a identidade do negócio. No caso do Hotel Caxambu, uma consultoria resultou em uma nova identidade visual, que transmite a tradição de mais de 130 anos hospedagem sem deixar a inovação constante e na busca do atendimento de excelência de lado.

ATENDIMENTO A TODOS
Para o Hotel Caxambu, não existe "meia hospitalidade". Mesmo com a maior parte dos hóspedes sendo viajantes de lazer, o hotel está de atento ao viajante a negócios e às mudanças deste perfil, que relaciona boa qualidade de serviços com praticidade. "Temos uma parcela pequena de viajantes corporativos, que é um excelente mercado e que temos maior interesse em atender. Essa clientela procura boa acomodação, internet grátis e de qualidade, boa localização, café da manhã servido cedo e de qualidade, e, principalmente, bom atendimento."

Fonte:  Panrotas

Reunião da Câmara Municipal Caxambu - 28/11/2016

Reunião da Câmara Municipal Caxambu


HOJE - com transmissão ao vivo - a partir das 19:30 h



Acompanhe o áudio da reunião de hoje pela Rádio Câmara:

domingo, 27 de novembro de 2016

Câmara Municipal de Caxambu - Câmara estuda receita e despesa do município

Câmara estuda receita e despesa do município


A Câmara Municipal aprovará o Projeto de Lei no 38/16, que estima a receita e fixa a despesa do Município de Caxambu para o exercício financeiro de 2017, no dia 28 de novembro. Compreende o orçamento referente aos poderes do município, seus órgãos e fundos, e do Instituto de Previdência Municipal de Caxambu (IPMCA). A receita será realizada mediante arrecadação de tributos, contribuições, rendimentos de aplicações financeiras, aluguéis, transferências correntes, outras receitas correntes, operações de crédito, alienação de bens e transferências de capital, prevista na legislação vigente.
O Orçamento Anual é o instrumento público por meio do qual estão previstas as receitas e fixadas às despesas, em conformidade com as regras previstas na Lei de Diretrizes Orçamentárias e no Plano Plurianual. O orçamento foi estimado em R$ 66.123.900,00, com base na média de crescimento dos últimos três anos, incluindo a previsão de operações de crédito no valor de R$ 1.414.159,75, e nas transferências de convênios no valor de R$ 6.404.000,00 que o Executivo espera obter.
A proposta também contempla a autorização para abertura de créditos suplementares pelo Poder Executivo durante o exercício de 2017. Propõe a fixação do percentual de 10% da despesa total como limite para a abertura de créditos mediante anulação parcial ou total de outras dotações.
 Câmara realiza Audiência Pública para debater a LOA
 A Câmara Municipal realizou uma Audiência Pública para debater a Lei Orçamentária Anual (LOA), no dia 23 de novembro. Na oportunidade, o vice-presidente Clóvis Almeida comentou que o valor da receita estimada para 2017 é R$ 66.123.900,00 e que para as despesas com pessoal e encargos sociais está previsto o valor de R$ 33.332.789,80, o que significa 50% do orçamento do município.
O vice-presidente comentou que desde o início desta legislatura o orçamento não superou os R$ 50 milhões e que terá que ser bem analisado pela equipe de transição. Ele falou que ele esperava que este patamar fosse atingido.
O Projeto de Lei no 38/16, que estima a receita e fixa a despesa do Município de Caxambu para o exercício financeiro de 2017, será votado na Reunião Ordinária, no dia 28 de novembro. Sendo assim, o vice-presidente Clóvis Almeida convidou a equipe de transição, bem como os vereadores eleitos, para participarem da reunião das Comissões, na Câmara, no dia 28, às 15 horas.
Na Audiência Pública, o senhor José Maria Vieira alertou para a necessidade da redução dos gastos do município. Referindo-se à atuação da COPASA, caso seja renovado o contrato, sugeriu que a empresa doasse ao município dois caminhões compressores para a coleta de lixo e que cuidasse do aterro sanitário, bem como da coleta seletiva.
Vieira propôs também a privatização de áreas públicas, como o Balneário, a ser cuidado e explorado por uma empresa que atua na área da saúde, por exemplo; a limpeza e a restauração do Calçadão; e a valorização do Morro Caxambu e do Teleférico. Pediu a união e o apoio da comunidade para as ações do Executivo e valorização da cidade.
Comentou que as sugestões dadas por ele naquela reunião seriam apresentadas ao futuro prefeito Diogo Curi, oportunamente, como uma forma de apoiar a nova administração.
Manifestações dos vereadores
– O vice-presidente Clóvis Almeida enfatizou que o que estava mesmo garantido para a próxima administração era uma dívida de R$ 6 milhões no fim do ano. Confiante, desejou à próxima administração um trabalho de excelência.
– O secretário Denílson Martins reforçou que o Projeto de Lei no 38/16 será votado no dia 28 de novembro e falou que consta inclusive a previsão de subvenções para a APAE, a Casa da Criança e do Adolescente, o Asilo Santo Antônio e a Associação de Proteção dos Animais de Caxambu (APAC).
O secretário defendeu o esporte e informou que para esta pasta está previsto o valor de R$ 1.268.000,00. Considerou que se o prefeito usar 20% dos recursos, o esporte será maravilhoso na cidade e disse que acredita que a próxima administração valorizará esta bandeira. Frisou que se a administração gasta com o esporte gastará menos com saúde e segurança pública.
Referindo-se às subvenções para as entidades, o vereador reforçou que é uma imposição legal e não um favor. Considerou que será muito pouco o que a APAE receberá, R$ 250.000,00, e um veículo no valor de R$ 180.000,00, a ser adquirido. Segundo ele, a APAE deveria receber R$ 800.000,00, pois o município não tem condições de atender os alunos especiais, caso haja o fechamento da Associação local.
O secretário enfatizou que as APAEs, devido ao trabalho desenvolvido, deveriam receber diretamente os recursos. Reforçou que os municípios não conseguem desenvolver o trabalho desempenhado pelas APAEs e que os próprios alunos estão adaptados à educação especial. Considerou um absurdo a APAE “ameaçar fechar as portas” para receber o que lhe era devido e avaliou que as entidades em geral sofreram demais neste mandato.
Concluindo, o vice-presidente Clóvis Almeida falou que esperava que a próxima administração conseguisse repasses para o município, inclusive através dos deputados, e desejou sorte para a futura administração. Ele pediu que as entidades e a população demonstrassem os seus anseios, na próxima gestão.

sábado, 26 de novembro de 2016

TODA MUDANÇA IMPLICA EM SE CONTENTAR COM O QUE TEM E LUTAR PELO QUE MERECE! - by José Celestino Teixeira.

TODA MUDANÇA IMPLICA EM SE CONTENTAR COM O QUE TEM E LUTAR PELO QUE MERECE!
by José Celestino Teixeira.


No momento em que já se desenha a cara da Nova Administração, com a designação de uma titular para Pasta da Educação no Município é sempre bom o cidadão estar atento.
Boa Sorte à escolhida, que pelo que se comenta é pessoa competente e representa a Comunidade do Bairro do Santa Tereza.
Senão uma atitude de justo agradecimento ao Bairro pelo maciço apoio recebido nas Urnas, pela Chapa Vitoriosa.
Merece créditos!
Por outro lado indaga-se: a quantas andam as Finanças do Município?
O que fazer para controlar gastos da emperrada máquina administrativa municipal?
Por mais de uma vez tentamos obter respostas simples sobre o número de Secretarias, a identificação de Contratos (e contratados) Terceirizados existentes e, as remunerações de Secretários (Comissionados) e agentes políticos (prefeito e Vereadores).
Contudo, até a presente data ficamos sem resposta.
A tal transparência ficou no Papel.
Pouco se sabe da realidade municipal e o cidadão vive em permanente escuro, nada sabe sobre o que se passa no centro do poder.
Como qualquer mudança exige identificação e conhecimento prévios, pouco se há de fazer.
A esperança é imensa.
A população acha-se coesa no Projeto de Governo do novo Prefeito Eleito, o Diogo Curi.
Evidente que se tem que dar tempo ao tempo.
Por outro lado há de se reconhecer que a Folha de Pagamento do Funcionalismo Público Municipal foi salva pelo Gongo.
O dinheiro da Repatriação de Recursos vindos do Exterior abrandou a crise porque passam Municípios e Estados.
Contudo, a obtenção desses recursos é sazonal, não é perene.
E as chamadas “Despesas Correntes” precisam ser enfrentadas com receita própria e, não por socorro de repasses da União e Estados.
O Equilíbrio financeiro é a bola da vez.
O controle nos gastos públicos impõem restrições e medidas drásticas na economia de despesas dos Municípios, Estados e União.
Enquanto não se estancar a sangria com altos vencimentos de servidores em todas esferas da administração pública e cercar os descaminhos do dinheiro público, nenhum cidadão contribuinte vai se sentir a vontade em receber sanções ou efetivar sacrifícios.
É preciso e urgente que o Poder Público estanque a hemorragia dos recursos gastos desordenadamente.
Só a título de exemplo local temos um fato curioso em Caxambu.
O Executivo Municipal gasta e paga locação de imóveis a terceiros, enquanto detém o seu próprio patrimônio vazio e desocupado.
Aqui na Dr. Enout está um Prédio de 03 pavimentos, onde funcionou a Prefeitura e até bem pouco tempo a Sede do Legislativo Municipal (a Câmara)
O prédio embora carecendo de reformas externas (fachada) acha-se subaproveitado.
Sem falar naquela área que existe na Antiga Escola Wenceslau Braz, que até bem pouco tempo vinha sendo usado pela Educação.
Se bem, que o Caso da Antiga FUNABEM seja um capítulo a parte na cidade.
O abandono e o descaso com aquele Patrimônio Público ressalta aos olhos; Nunca se viu tanta incompetência de gestão.
Ainda que aquele Patrimônio pertença a União difícil é imaginar que o Poder Público Municipal tenha sido tão incompetente ao longo de todos estes anos de permitir que tudo aquilo ficasse abandonado e jogado às traças.
Nada se fez, para concretizar seu uso efetivo em benefício da População Local, senão assistir a destruição de tudo.
Mas convenhamos o Município, embora sem receita própria suficiente até para cumprir uma folha de Pagamento gasta e gasta mal, muito mal em locação de outros bens.
Veja o caso do prédio onde funciona o CRAS, na avenida Camilo Soares.
Pra que aquilo?
Não poderia estar funcionando junto à própria Secretaria de Assuntos Sociais que fica próxima a rodoviária, cujo imóvel já serviu ao Gabinete do Prefeito?
E o Setor de Educação, que hoje se acha instalado nas proximidades do Bar do Arô?
Não poderia a Secretaria Municipal de Educação vir para o prédio da Dr. Enout, onde funcionou a Câmara Municipal?
E o que falar da Casa alugada pelo Instituto de Previdência Municipal, uma autarquia que aluga um imóvel em frente ao Restaurante Papillon.
Precisa daquilo?
Sem falar, que o tal Instituto de Previdência padece do recebimento de uma divida parcelada sucessivamente pelas administrações anteriores na casa de Um Milhão de Reais.
Em sã consciência, o Instituto pode dar-se ao Luxo de alugar um imóvel, quando poderia ser locado, também, no Prédio da Dr. Enout?
Tudo isto sem falar em outras discrepâncias e absurdos que se passam no Setor Administrativo que, talvez, não tenhamos conhecimento, quando não se cumpre a tal Lei da Transparência que me parece decorativa.
O certo é que o Município afogado em dívidas se dá ao Luxo de continuar gastando, além, muito além, de suas possibilidades reais.
O Caso é Sério e demanda o reconhecimento de que nem tudo está a mil maravilhas.
Fazemos parte da Esperança de uma Melhor Gestão da Coisa Pública no Município e enxergamos boa vontade nos novos governantes, mas a parada é dura, duríssima.
Tem que economizar, senão vai faltar.
E a Casa do Poder que se desvirtuou nos últimos anos de Governo em “Casa da Mãe Joana” tem que ocupar os espaços que lhe pertencem e, não se arvorar a gastar mais do que arrecada.
Quem Casa quer Casa, mas, Casa que possa Pagar!
Vai chover Crítica, mas, acostumados com Verdade e não com engodo: Estamos na Chuva é Pra Molhar!
Que venham as Críticas!

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Cápsula do Tempo - Fórum de Caxambu - MG

Pedreiro deixa mensagem oculta por 36 anos no forro de uma parede no Fórum de Caxambu


Durante a recente obra de conservação e modernização que está sendo empreendida no Fórum de Caxambu, foi encontrada uma verdadeira "cápsula do tempo". 
 - um manuscrito que permaneceu oculto dentro do forro de uma parede por mais de 36 anos.

A descoberta ocorreu por acaso: Enquanto derrubavam uma parede, os operários se depararam com um manuscrito assinado pelo pedreiro Mauro Pereira Gomes, com  data do dia 31 de Janeiro de 1980.  

O documento contém ainda a descrição da obra,  além de uma relação de nomes de autoridades municipais, do engenheiro e dos trabalhadores responsáveis pela construção daquele prédio. 

O texto contém ainda um pedido do autor para a posteridade - solicitando que a carta seja entregue a seus familiares como recordação.

Veja os 2 anexos: