Palace Hotel - Caxambu

sábado, 31 de agosto de 2013

Participantes de programas da terceira idade irão viajar para Caxambu

FOTO: DIVULGAÇÃO
Agnaldo Timóteo se apresentou durante a festa

Durante um evento realizado nesta semana, cerca de 15 mil idosos que participam dos programas voltados para a Terceira Idade receberam a notícia que vão viajar para a cidade mineira de Caxambu, localizada no Circuito das Águas, no Sul de Minas Gerais
Durante o evento, os idosos assistiram a um vídeo sobre a cidade e as instalações hoteleiras que vão recebê-los. A festa contou com um show especial do cantor e compositor Agnaldo Timóteo. 
Participaram do evento o deputado federal Deley, as secretárias de Esporte e Lazer e Cultura, Rejane Campos e Rosane Gonçalves; o secretário de Ação Comunitária (Smac), Munir Francisco; o presidente da ANTT, Jorge Bastos; o presidente da Nova Dutra, Ascendino Mendes; o gestor da Nova Dutra Rio de Janeiro, Virgílio Leocádio, os vereadores, Adão Henrique, Jari, Buchecha, Fernando Martins; o comandante da Guarda Municipal de Volta Redonda, Luiz Henrique Monteiro Barbosa; o coordenador do Banco da Cidadania, Davi Cabral Júnior, a proprietária da GG Turismo – empresa que realiza a viagem - Patrícia Leal, e o gerente do Hotel Glória – onde ficarão hospedados os idosos - Alexandre Moura.
O projeto “Viagem da Terceira Idade”, desenvolvido pela prefeitura há 13 anos, por meio das secretarias municipais de Esporte e Lazer (Smel) e Ação Comunitária (Smac), atende somente idosos moradores de Volta Redonda, participantes dos programas para a Terceira Idade desenvolvidos pelo município. A expectativa é que, neste ano, cerca de 10 mil idosos sejam atendidos nas viagens. Para participar, os idosos têm que estar nos programas por pelo menos um ano, tendo frequência acima de 70%.
Os idosos são divididos em grupos – o primeiro partirá já no próximo dia dois setembro – e as viagens podem durar até cinco meses para que todos sejam atendidos. Entre os roteiros estiveram às praias de Angra dos Reis (Resort Vila Gallé), Mangaratiba (Club Med Resort Rio das Pedras), Búzios (Atlântico Búzios Convention & Resort), além de municípios do Circuito das Águas e cidades do Ciclo do Café.
No primeiro dia de viagem os idosos são recebidos com um almoço especial, têm atividades à tarde no hotel e à noite participam de um jantar, seguido de um baile com música ao vivo. Já no segundo dia, após o café da manhã, realizam atividades no hotel, almoçam e retornam no início da tarde para Volta Redonda.
O deputado federal Deley falou do crescimento do projeto da Terceira Idade, implantado na época em que ele foi secretário de Esporte e Lazer do município. “Este programa é fruto de muito trabalho e compromisso com nossa cidade”, disse Deley, que recebeu do prefeito Neto um agradecimento especial por tudo que tem feito por Volta Redonda. Munir agradeceu a presença dos cerca de 5 mil idosos, ressaltando o empenho do município para com os programas da Terceira Idade. A secretária de Esporte e Lazer, Rejane Campos, desejou a todos um excelente passeio.

Voz da Cidade

Viagem de idosos em Volta Redonda, RJ, será remarcada

Impasse no contrato da agência de viagens provocou cancelamento.
Projeto atende 10 mil pessoas acima de 60 anos.


“É importante lembrar que as pessoas não vão perder a viagem. Ela será realizada em outra data”, afirmou o assessor de imprensa da prefeitura de Volta Redonda, RJ, Ricardo Balarini sobre o cancelamento da excursão em prol da terceira idade. A viagem faz parte de um projeto da prefeitura, que acontece até o mês de novembro, todas as segundas e quartas-feiras. O projeto atende aproximadamente 10 mil pessoas com idade acima de 60 anos. Apenas a viagem que aconteceria na segunda-feira (2), com destino a Caxambu (MG), foi cancelada.
O motivo do cancelamento foi um impasse envolvendo um contrato com a agência de viagens. A empresa foi vencedora de uma licitação no início do ano. Na ocasião, os preços apresentados foram 50% menores que o da segunda colocada. De acordo com a assessoria, os representantes da empresa suspenderam o acordo por receio de que os compromissos não fossem honrados pela nova administração, que, até então, era responsabilidade da ex-prefeita interina, América Tereza (PMDB).
Com a liberação do pedido de liminar do prefeito cassado, Antônio Francisco Neto (PMDB), o acordo volta a ser responsabilidade da antiga administração. A assessoria informou que até segunda-feira (2) o impasse com a agência será resolvido. Procurados pelo G1 nesta manhã, os responsáveis da agência de viagens não quiseram se pronunciar sobre o caso.
Homem é preso com CD’s e DVD’s piratas

Santa Rita do Sapucaí – No dia 29, por volta das 11h30min, a Polícia Militar recebeu uma ligação anônima, via 190, comunicando que em um determinado estabelecimento em Santa Rita do Sapucaí estava ocorrendo venda de CD´s e DVD´s “piratas”.
 
A Polícia Militar montou uma Operação de combate à “pirataria” (violação de direitos autorais) e ao vistoriar um estabelecimento situado à Avenida Frederico de Paula Cunha, foram encontradas 01 IMPRESSORA HP (Jato de Tinta), 01 IMPRESSORA HP (Laser), 01 CPU LPJ2 e 01 IMPRESSORA HP 8000, as quais estavam ligadas a um computador para produção de DVDs e CDs “piratas”, sendo localizados 3.165 (três mil cento e sessenta e cinco) mídias de CDs e DVDs diversos os quais foram apreendidos.

Em continuidade às diligências, a Polícia Militar deslocou até a residência do cidadão infrator, o qual franqueou a entrada dos Militares, bem como acompanhou as buscas, sendo constatado que um dos cômodos da residência estava montado para produção dos DVDs e CDs, onde foram localizadas 01 GUILHOTINA, 01 IMPRESSORA EPSON, 01 IMPRESSORA HP, 01 CPU LENOVO e 5.887 (cinco mil oitocentos e oitenta e sete) mídias de CDs e DVDs diversos, os quais também foram apreendidos.

O Cidadão infrator produzia as cópias dos DVDs e CDs em sua loja e na sua residência para comercialização.

A Polícia Militar efetuou a prisão do cidadão infrator em flagrante delito, o qual foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil, onde foi ouvido e liberado, sendo os materiais localizados apreendidos e entregues da referida DP.

Sind-UTE/MG realiza ato/panfletagem em Caxambu no Dia Nacional de Paralisação e Lutas

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Hoje - Ju Fernandes no Calçadão


Secretário de Turismo não participa de Audiência Pública na Câmara

No dia 16 de setembro, Caxambu completará 112 anos de emancipação político-administrativa, sendo assim, a Câmara Municipal realizou uma Audiência Pública para tratar de assuntos atinentes às festividades de aniversário da cidade. A reunião aconteceu na quinta feira dia 29 de agosto, às 16 horas, e não contou com a presença de representantes do Executivo.
A Câmara convidou formalmente o secretário municipal de Turismo, André Bassi Marinho Pires, para participar da reunião, mas ele não compareceu e nem justificou a sua ausência. O presidente Marcos Halfeld considerou que foi um desrespeito do Executivo para com o Legislativo.
Foi protocolado na Câmara, hoje, um documento assinado pela senhora Liana Bahia, demonstrando seu descontentamento com a possibilidade de se realizar rodeios na cidade, no evento “Agitando Caxambu – 112 anos”. A cidadã justifica que os rodeios causam dor e estresse aos animais; que estão em desacordo com a Declaração Universal dos Direitos Animais; que não faz parte da cultura local e que não trará renda para a cidade, como acontece com os shows, principalmente. A Câmara recebeu 28 e-mails contra a realização dos rodeiros no aniversário da cidade.
Durante a Audiência Pública, o vereador Joaquim Fernandes posicionou-se contrário a realização dos rodeios, justificando que agrada o público, mas sacrifica os animais; o presidente Marcos Halfeld, o vice-presidente Clóvis Almeida e o vereador Fábio Curi defenderam a não realização dos rodeios, preservando a saúde dos animais. Eles criticaram a ausência do secretário de Turismo na reunião, a fim de dar explicações detalhadas dos preparativos da festividade.
A Câmara convocará o secretário de Turismo para participar da Reunião Ordinária, no dia 2 de setembro. Conforme está sendo divulgado pela prefeitura, o “Agitando Caxambu 112 anos”, acontecerá de 9 a 16, no Parque de Exposições, com shows regionais, rodeios todas as noites e parque de diversões
.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Conferência Municipal Infanto Juvenil pelo Meio Ambiente de Baependi


Postado por


A banda UKIEMANA de São Lourenço foi indicada ao premio "Melhores do Reggae 2013"


  • Banda Ukiemana realiza turnê na Europa
    A convite de grandes festivais e renomadas casas de show a banda mineira vai fazer apresentações em Portugal, Espanha e Dinamarca, em Agosto e Setembro de 2013 A banda de São Lourenço, sul de Minas Gerais, vai realizar a sua primeira grande turnê europeia. A agenda de shows começou no dia 16 de Agosto em Portugal fazendo uma grandiosa apresentação no festival Surf at Night, em Cortegaça, o maior festival de surf e música do país luso. A banda também vai se apresentar em outros festivais em Portugal, como o Minho Reggae Splah, na Espanha e na renomada casa de show Operah, na Christiania, Copenhagen, Dinamarca. Convites para apresentações da banda Ukiemana também vierem de Londres, Inglaterra e Finlândia, locais e datas ainda a confirmar.
    Ukiemana está celebrando seus 10 anos de carreira e além de lançar um novo CD este ano, edição especial comemorativa, concretiza um grande sonho: o de se apresentar em grandes palcos europeus.
    A banda vem de uma pequena cidade do interior de Minas Gerais e após anos de trabalho e conquistas recebeu convites para tocar na Europa.
    O primeiro show do dia 16 de Agosto de 2013 teve uma ótima recepção e aceitação do público português. O Surf At Night teve a sua primeira edição em 2008 e desde então muitos artistas internacionais se apresentaram nos seus palcos. Pela primeira vez na sua história a edição de 2013 contou com a participação de artistas brasileiros, sendo Ukiemana e Gabriel O Pensador os representantes do Brasil, cada um único em seu estilo musical.
    Outro grande festival que vale a pena mencionar é o Minho Reggae Splash, onde a banda mineira é cabeça de cartaz do primeiro dia de festival. Confira no site do evento: http://www.minhoreggae.com/splash/lineup/.
    Com apresentações em casas de show de Porto e Lisboa (Portugal) e em Vigo e na Galicia (Espanha), outro grande evento a destacar é a apresentação no Operah, na famosa Christiania, Copenhagen, Dinamarca, marcada para o dia 14 de Setembro.
    O nome da banda vem crescendo mais e mais no cenário nacional do Reggae de Raiz, firmando a sua carreira com grandes visualizações de vídeos na internet e muitas referências nas redes sociais. Este é o marco de que a banda se expande agora para níveis internacionais. Um dos convites veio graças ao intercâmbio cultural que Ukiemana vem concretizando ao longo de seus anos de carreira, em particular em eventos realizados em parceria com a banda na cidade de São Lourenço, MG, como foi o último International Roots Reggae, em Janeiro de 2013.  
    Sobre UKIEMANA
    Ukiemana é uma banda do Roots Reggae mineiro que vem se afirmando no cenário nacional de maneira independente, através de fãs espalhados por todo o Brasil. Em suas músicas uma mensagem de paz e esperança é transmitida em letras profundas e em um ritmo pulsante e forte. Aborda temas como o amor, a positividade e a espiritualidade, no roots do reggae jamaicano, unificado na ancestralidade da sagrada música. A banda já atuou em palcos por todo o Brasil. Shows marcados pela presença de um público fiel, que admira e acompanha o trabalho da banda. Passando por grandes capitais, como Rio, São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte, Florianópolis, até festivais de cultura em pequenas cidades, como Pouso Alto (MG), Parati (RJ), Matinhos (PR), Itanhaém (SP), entre outras. Ukiemana conta com 10 anos de estrada, tendo nascido na Primavera de 2002 na cidade de São Lourenço, Serra da Mantiqueira. Desde então partilhou os mesmos palcos com bandas de renome nacional e internacional. Com três CDs e um DVD lançados, mais de 150 mil visualizações na Internet, Ukiemana é uma banda com uma presença de palco extremamente contagiante e inspiradora, que todo o povo quer ver, sentir e dançar. Website Oficial: ukiemana.wix.com/ukiemana
    Contatos: · Nome: Ukiemana Reggae Raiz · Departamento Media/Produção: Deborah Penna · Números de telefone: (35) 8812-9251 / (35) 3332-7519 · Endereço e-mail: ukiemanaproducao@yahoo.com.br · Endereço do Website: ukiemana.wix.com/ukiemana · Facebook: https://www.facebook.com/ukiemana.raiz
    A banda UKIEMANA de SLourenço foi indicada ao premio "Melhores do Reggae 2013" nas categorias: Banda revelação 2013 http://www.hotsurfers.com.br/banda-revelacao-nacional Melhor Video Clip, com "JahOawé" http://www.hotsurfers.com.br/melhor-video-clipe/

Valorização do funcionário público Municipal


O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caxambu/MG é uma entidade Autônoma sem fins lucrativos

O Sindicato tem objetivos de estatuto a proteção, coordenação e representação legal da categoria profissional dos Servidores Públicos Municipais dos Poderes Executivos e Legislativos, da Administração Direta, das Autarquias, Fundações e Empresas Públicas, em todas as suas divisões e subdivisão administrativa, independente de suas convicções políticas, partidárias e religiosas.

A Coordenação, orientação, defesa, e legal representação é delegada ao Sindicato pelas legislações vigentes junto às autoridades legislativas, executivas, administrativas, judiciárias e entidades privadas, tendo como principio básico a liberdade e autonomia, preservando a unicidade sindical e a solidariedade profissional, agindo como órgão de colaboração com os poderes públicos e demais associações no sentido da solidariedade social e da subordinação dos interesses econômicos ou profissionais ao interesse nacional, sem finalidades lucrativas, regido pelo seu estatuto.

Valorização do funcionário público Municipal!!! Tem que ser realidade! Vamos lutar por este direito e muitos outros temos que unirmos, e agora ou nunca.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

SITUAÇÕES ABSURDAS OCORREM EM CAXAMBU





Sou moradora da Av: João Pessoa, situada em frente ao "DEPÓSITO" da Prefeitura, próximo à escola Chapeuzinho Vermelho e ao lado do Hotel União. 
A atual administração está usando, acreditem vocês, o DEPÓSITO DA PREFEITURA PARA DEPOSITAR LIXO. (CONFIRAM PELAS FOTOS POSTADAS).
Ora, mesmo que o lixo seja para reciclagem (o que pelas fotos vocês podem confirmar que não é). Isto jamais poderia ser feito, pois é um local central, está a céu aberto e, principalmente, é uma questão de saúde pública e ambiental.
Que providência tomar em um caso destes???
?

Compartilhado por

Vereadores esclarecem situação do Hospital de Caxambu

Na reunião Ordinária desta segunda feira os vereadores de Caxambu puderam durante o debate do Grande Expediente esclarecer algumas dúvidas sobre a situação do Hospital de Caxambu.
O Presidente da Casa Vereador Marcos Halfeld explicou mais uma vez que a Audiência Pública cancelada na semana passada que trataria do tema Hospital de Caxambu, não foi realizada, pois a Câmara ainda aguarda uma definição nas diversas negociações que estão ocorrendo para solucionar o problema.

A Sociedade São Camilo, atual mantenedora do Hospital de Caxambu, após discordar dos valores que estão sendo repassados pelo Município para ajudar na manutenção dos serviços, alegou falta de condições para manter o hospital em funcionamento e colocou seus funcionários em aviso prévio e marcou para setembro próximo a entrega do hospital ao Executivo.

Com o apoio dos Vereadores o Executivo Municipal busca solução para o impasse. Segundo informaram e garantiram os Vereadores Jean e Eliane, ambos da chamada base do Governo, o hospital não fecha.
Da mesma opinião comunga o Presidente da Casa Marcos Halfeld que tem acompanhado as diversas reuniões que estão sendo realizadas para solucionar o caso.
Entre as opções estão à criação de uma pareceria com hospitais da região (São Lourenço e ou Conceição do Rio Verde) para que estes possam assumir junto com um grupo da cidade de Caxambu e com o Poder Executivo a administração do Hospital. O Presidente da Câmara disse ainda que as definições deverão acontecer até o final deste mês.

Justiça Eleitoral já cassou em definitivo 11 prefeitos de Minas eleitos em 2012
Ainda tramitam na Justiça Eleitoral 39 outros processos de prefeitos eleitos em 2012 em Minas.

Dos 853 prefeitos eleitos em Minas Gerais, em 2012, 67 cometeram algum tipo de irregularidade antes ou durante a campanha eleitoral e foram denunciados à Justiça Eleitoral. Desse total, 10 tiverem os mandatos cassados. Isso acabou resultando em novas eleições em quatro municípios - Biquinhas, Cachoeira Dourada, Diamantina, São João do Paraíso. Em outras seis cidades, assumiram a vaga de prefeito os candidatos que ficaram em segundo lugar nas urnas. De acordo com a legislação, assume o segundo colocado caso o prefeito eleito cassado não tenha obtido mais do que 50% dos votos válidos. Foi o caso de Arcos, Corinto, Juvenília, Paraisópolis, SãoFrancisco e Senhora do Porto.

No próximo domingo (1º), Santana dos Cataguases vem se juntar à lista de prefeitos eleitos em 2012 e que tiveram seus mandatos cassados em função da prática de irregularidades – compra de votos e outras acusações diversas de corrupção eleitoral. No domingo, os eleitores desse município localizado na Zona da Mata mineira vão escolher prefeito e vice-prefeito para governar a cidade.

Processos pendentes
Quase 11 meses depois das eleições de 2012, ainda tramitam nas zonas eleitorais, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e no Superior Tribunal Eleitoral (TSE) ações e recursos de outros 39 municípios. Desse total, em oito municípios há possibilidade de novas eleições. Aguardam decisão para realização de nova eleição Água Boa, Espinosa, Machacalis, Mathias Lobato, Montezuma, Rio Pardo de Minas e Santa Helena de Minas. 


Seis municípios estão com processos pendentes no TSE : Ibiá, Paraisópolis, Paulistas, Rochedo de Minas, São Bento Abade e São Francisco. No TRE, outros 14 municípios também aguardam julgamento dos processos contra os prefeitos eleitos em 2012: Conceição de Ipanema, Dionísio, Glaucilândia, Guiricema, Itueta, Ninheira, Olaria, Pirapora, Resplendor, Romaria, Santa Fé de Minas, São Romão, Senador Modestino Gonçalves, Uruana de Minas.


Há ainda mais 11 municípios com possibilidade de posse do candidato que ficou em segundo lugar. Os processos tramitam nas zonas eleitorais, em primeira instância, e no TRE: Datas, Cordislândia, Córrego Fundo, Barão de Cocais, Campos Altos, Carmo do Rio Claro, Itapagipe, "Lavras", Pedrinópolis, São Roque de Minas e Recreio.


Iracema Amaral
Fonte: UAI.COM.BR

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Anúncio do Asfaltamento da Estrada Caxambu - Eng. Passos
Anúncio publicado pelo Palace Hotel no jornal "Correio da Manhã" em 13/01/1959

Clique sobre a imagem para ampliar e ler o texto



Proteína contra vários tipos de câncer é apresentada em Caxambu

A orelha de macaco


Estudos feitos por pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) apontam que uma proteína extraída da semente da árvore conhecida como orelha-de-macaco tem ação promissora contra pelo menos cinco tipos de câncer - gástrico, de próstata, melanoma (câncer de pele), colorretal e leucemia.
Testes "in vitro" e utilizando ratos indicaram que a proteína, batizada de EcTI devido à sua ação inibidora da enzima tripsina, bloqueou parcial ou totalmente a proliferação das células de vários tipos de câncer.
"Ela bloqueou os processos que fazem com que o tumor cresça e que faça metástase, ou seja, que migre para fazer outras invasões", afirma a professora de bioquímica da Unifesp Maria Luiza Vilela Oliva, coordenadora das pesquisas.
As informações foram apresentadas na última semana, durante a reunião anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (Fesbe), em Caxambu, Minas Gerais. A atuação da proteína contra células do câncer de mama inicialmente é positiva e está sendo analisada, de acordo com a professora.
Melanoma
Ratos com um tipo de melanoma agressivo foram usados em experimentos com a EcTI, que inibiu o crescimento do câncer. "Alguns animais sequer chegaram a desenvolver o tumor. Em outros, [a proteína] inibiu 90%", afirma Maria Luiza.
Já estudos com células do câncer gástrico apontaram que a EcTI impediu a adesão a tecidos saudáveis e inibiu a formação de "protuberâncias" celulares relacionadas à metástase e migração cancerígena, as chamadas "invadopodias".
Durante os testes, também foi constatado que a proteína tem ação antitrombótica (agindo contra a formação de trombose) e anticoagulante. Um dos últimos estudos sobre a EcTI foi publicado no site da revista científica "PLoS One", em abril deste ano, e detalhou a estrutura da proteína.
Efeitos colaterais
Ainda precisam ser feitas pesquisas para entender a toxicidade e possíveis efeitos colaterais da EcTI, diz Maria Luiza. Ela, no entanto, ressalta que de início não foram identificadas reações adversas durante testes em ratos. "Até o momento, não vimos toxicidade, aplicamos 4 miligramas em ratos e não houve nenhuma morte", afirma.
Possíveis efeitos alérgicos da proteína também precisam ser analisados, mas até agora experiências mostraram que ela não deve causar alergia, disse a professora da Unifesp. Um dos próximos passos é também ver como a EcTI age em células do fígado humano.
O grupo de pesquisadores também está analisando "fragmentos" derivados da proteína, os chamados peptídeos, para entender como eles agem separadamente.
"Não se pode aplicar a proteína na veia de um ser humano", diz a cientista, ponderando que ainda são necessários muitos testes antes de viabilizar o uso em terapias contra o câncer em pessoas.
Um peptídeo, diz ela, é mais simples de ser usado em um tratamento, possivelmente por aplicação em via intravenosa. É provável que no futuro a proteína seja feita de forma "recombinante", utilizando bactérias manipuladas geneticamente para produzir a EcTI e assim eliminar a necessidade de extraí-la da planta, afirma a cientista.
Árvore
A orelha-de-macaco, conhecida também como tamboril ou timbaúva, é uma árvore encontrada principalmente nas regiões Centro-Oeste (no Mato Grosso do Sul) e Sul (Rio Grande do Sul), mas também ocorre em estados como Maranhão, Piauí e Pará, aponta um estudo do Instituto Florestal de São Paulo, ligado à Secretaria Estadual do Meio Ambiente.
A árvore alcança altura média de 20 a 30 metros e tronco de 80 a 160 centímetros de diâmetro, segundo o estudo. Sua madeira é leve e era utilizada por indígenas para fabricação de canoas - ela pode servir para produção de caixotes, miolo de portas, armação de móveis e outras finalidades.
Com o nome científico de Enterolobium contortisiliquum, a árvore "é indicada para o reflorestamento de áreas degradadas de preservação permanente, em plantios mistos, por apresentar crescimento rápido inicial", afirma o texto do Instituto Florestal.
O fruto da planta tem formato parecido com uma orelha, daí o nome popular. "Quando você abre o fruto, encontra as sementes. A gente retira dali o cotilédone e isola várias proteínas.
Uma delas [a EcTI] tem ação inibidora de protease", afirma a professora. A "protease", em questão, é a enzima tripsina. A sigla EcTI significa, em inglês, "Enterolobium contortisiliquum Inibidora de Tripsina".

FACULDADE VICTOR HUGO TEM CADASTRO APROVADO E EFETIVADO JUNTO À FAPEMIG
(Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais)


Prof. Leila R. Direzenchi
A Faculdade Victor Hugo foi aprovada e já encontra-se com seu cadastro efetivado junto à FAPEMIG.

A FAPEMIG é uma fundação do Governo Estadual, vinculada à Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e é a única agência de fomento ao desenvolvimento científico e tecnológico de nosso Estado.

Segundo a Prof. Leila R. Direzenchi (Diretora Pedagógica da Victor Hugo), o objetivo da Faculdade ao se submeter a este trâmite era conseguir recursos para poder induzir e fomentar a pesquisa e a inovação científica e tecnológica para seus acadêmicos, professores e para o próprio desenvolvimento do Estado de MG.

Conforme a Prof. Leila, estes recursos financeiros são assegurados pela Constituição do Estado.

A partir de agora os alunos que participam da Iniciação Científica da Faculdade Victor Hugo sob a orientação dos Prof. Plínio F. Toledo e Christiane F. Guenoun, poderão obter verbas para receber bolsas de iniciação científica .

Sem dúvida mais uma grande conquista para a Faculdade Victor Hugo, para nossa cidade, região e Estado!

Festa de Caxambu 112 anos


segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Festival Mundial de Circo 2013
(vídeo )



Agentz Produções

Sob O Nosso Olhar


Paisagens, flores e cenas de Caxambu fotografadas por Tânia Sallum Al'osta.

Postado por 
Campanha na internet ajuda catador de latinha furtado em Cabo Frio, no RJ
Organizadora de MG viajou 580 quilômetros para conhecer Marinô.
Parte do material comprado com o dinheiro do furto está sendo devolvida.

Tomás BaggioDo G1 Região dos Lagos

Geladeira, mesa e cadeiras comprados com o dinheiro do furto estão na casa de Marinô (Foto: Tomás Baggio/G1)Geladeira, mesa e cadeiras comprados com o dinheiro do furto estão com Marinô (Foto: Tomás Baggio/G1)
Uma campanha solidária organizada pela internet poderá aliviar a situação do homem que juntou R$ 28 mil em dez anos de trabalho e acabou sendo furtado dentro de casa em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio. Ao conhecer a história de Marinô Pascoal de Melo, catador de latinhas que guardava o dinheiro em uma mochila no armário do quarto, a editora de livros Fabiana Andrade, moradora de Baependi, MG, criou uma campanha pela internet para recuperar a quantia que seria usada na compra de uma casa. Mas a ajuda à distância não foi suficiente para Fabiana, que viajou 580 quilômetros para se encontrar com Marinô e a família dele neste domingo (25).
"Eu fiquei muito comovida ao ler a reportagem no G1 contando a história dele. É triste ver um trabalho de dez anos sendo perdido dessa forma. Mesmo antes de conhecer o Marinô pessoalmente, eu vi nele uma pessoa com força de vontade, que com todas as dificuldades juntou o seu dinheiro trabalhando honestamente. Por isso eu fiz questão de vir conhecer a família, inclusive para mostrar que a campanha é séria também", diz Fabiana.
No encontro, Fabiana explicou como funciona a arrecadação pela internet e colheu os dados da conta bancária de Marinô para onde o dinheiro será transferido. Segundo o site da campanha, até este domingo foram arrecadados R$ 2.590, ou 9,25% do total pretendido. Outros R$ 2.202 estão pendentes de confirmação.
"As doações estão chegando de várias partes do Brasil e também de fora do país, de lugares como Dubai e Inglaterra. O objetivo é chegar o mais próximo possível do valor necessário para ele conseguir comprar a casa que queria. O site que organiza a vaquinha libera o dinheiro a cada 15 dias diretamente para a conta informada. Mas outras pessoas estão preferindo doar diretamente na conta bancária do Marinô. O importane é que ele possa ter o dinheiro de volta", declara a organizadora da campanha.
Fabiana (esquerda) viajou 580 quilômetros para conhecer Dona Neide e Marinô (Foto: Tomás Baggio/G1)Fabiana (esquerda) viajou 580 quilômetros para
ver Dona Neide e Marinô (Foto: Tomás Baggio/G1)
Para Marinô e a mãe dele, Neide Pascoal de Melo, a ajuda é muito bem vinda. Dona Neide agradece a mobilização e o carinho que eles receberam nos últimos dias. "Foi uma situação muito triste, mas pelo menos a gente está vendo um monte de gente querendo ajudar. Estamos recebendo visitas o tempo todo, a casa sempre cheia. E agora não vamos mais cometer esse erro de guardar o dinheiro em casa. Já ativamos a poupança do Marinô, ele está sendo alfabetizado, já sabe assinar o nome dele, e só vamos guardar dinheiro no banco agora", diz a mãe, que é legalmente responsável pela conta bancária do filho. "Agora eu vou ter que ir no banco e aprender tudo", confirma Marinô.
Produtos comprados com dinheiro do furto são devolvidos
Não bastasse a surpresa de encontrar vazia a mochila onde o dinheiro ficava guardado dentro do armário, as investigações da 126ª DP (Cabo Frio) apontaram duas sobrinhas de Marinô, de 13 e 14 anos, acompanhadas de uma amiga de 14 e da mãe da amiga, identificada como Marcely, como responsáveis pelo furto. A notícia caiu como uma bomba na casa de Dona Neide.
"A minha filha, mãe das meninas, está em depressão e não quer sair de casa. Até perdeu o emprego porque não consegue mais ir trabalhar", diz a matriarca sobre o choque da notícia do envolvimento de duas netas.
  • As doações estão chegando também de fora do país, como Dubai e Inglaterra"
 
Durante a semana, parte do material comprado com o dinheiro do furto começou a ser destinado pela polícia à família. Entre os ítens recebidos estão uma geladeira, uma mesa com quatro cadeiras, uma televisão e uma cama box de casal. O material será vendido para ajudar a recuperar o dinheiro.
"As duas sobrinhas descobriram que ele tinha o dinheiro e começaram a furtá-lo aos poucos. Elas envolveram uma amiga, e posteriormente a mãe dessa amiga descobriu tudo. Só que ela incentivou o crime e as meninas continuaram furtando até a vítima descobrir", explicou o delegado Luiz Cláudio Cruz, acrescentando que as menores poderão responder por furto, enquanto Marcely será acusada de corrupção de menores. Todas elas prestaram depoimento e foram liberadas.

Do G1

sábado, 24 de agosto de 2013

Confira a programação de setembro em São Lourenço



sexta-feira, 23 de agosto de 2013


3º Grito do Circuito das Águas - Contra o fechamento do Hospital
Unidos contra o fechamento do Hospital Casa de Caridade São Vicente de Paulo



Estamos cansados de aguardar calados por uma solução. A Saúde de Caxambu está esquecida a tempos e está preste a fechar o Hospital de Caxambu. Já sabiam desse fechamento a bastante tempo, até agora o Executivo não se pronunciou sobre o ocorrido. Inclusive usou do dia da Audiência Pública que iria ocorrer na câmara para ir a Belo Horizonte buscar ajuda. 

Não queremos mais amadorismos. Não queremos que brinquem de administrar a cidade e brinquem com nossa saúde. QUEREMOS RESPEITO. A SAÚDE PÚBLICA PEDE SEU APOIO. SUA PRESENÇA. FAÇA VALER SEU VOTO E SEU GRITO!
Uma luz para a cegueira
Primeiro estudo clínico brasileiro que usa células-tronco embrionárias para tratamento da degeneração macular, principal causa de cegueira em idosos, pode ser iniciado no começo de 2014.


Por: Fred Furtado
Uma luz para a cegueira
Visão de uma pessoa com degeneração macular. A doença compromete a acuidade fina do centro do campo visual, interferindo em atividades como leitura e reconhecimento de faces. (imagem: National Eye Institute, National Institutes of Health)
No início do ano que vem, pode ser dado o primeiro passo no longo caminho rumo a um tratamento para grande parte dos pacientes com degeneração macular, que acomete cerca de 30% da população mundial com 65 anos ou mais e é a maior causa de cegueira não reversível nessa faixa etária. Uma colaboração entre a Universidade Federal Paulista (Unifesp) e o Instituto para Medicina Regenerativa da Califórnia (Cirm, na sigla em inglês) pretende começar um estudo clínico no Brasil e nos Estados Unidos para avaliar a segurança de um novo procedimento com células-tronco embrionárias para tratar a doença. Os pesquisadores ainda aguardam a aprovação da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep).
A degeneração macular acomete cerca de 30% da população mundial com 65 anos ou mais e é a maior causa de cegueira não reversível nessa faixa etária
A degeneração macular leva a uma perda progressiva da acuidade fina na porção central do campo visual e interfere em atividades como leitura e reconhecimento de faces. Esse mal tem duas formas, seca e úmida, sendo que esta última é a única com algum tipo de tratamento paliativo. Mas apenas 10% dos acometidos com degeneração macular sofrem da forma úmida.
A doença é causada pela destruição das células fotorreceptoras (cones e bastonetes) localizadas na mácula, região próxima ao centro da retina e que é responsável por essa acuidade fina da visão. Isso ocorre porque as células do epitélio pigmentar da retina (EPR), que estão localizadas abaixo dos fotorreceptores, deixam de processar um rejeito metabólico chamado de drusa, e este se acumula entre o EPR e a camada inferior, chamada de coroide. Com o tempo, esse acúmulo vai comprometendo a mácula. Na forma úmida, vasos sanguíneos do coroide afloram pela retina e inundam a região.
A nova terapia consiste no implante cirúrgico sob a retina dos pacientes de um suporte feito com um polímero biocompatível, o parilene. Esse dispositivo tem 7,5 mm de comprimento e 3,5 mm de largura e possui duas partes. A primeira é uma trama de 6,3 micrômetros (µm) de espessura, que fornece suporte mecânico. Sobre ela, é posicionada uma camada ultrafina (com 0,3 µm de espessura), também de parilene, que cria uma zona de difusão de nutrientes para as células que revestirão sua superfície superior. Esse revestimento celular é feito com células de EPR derivadas de células-tronco embrionárias humanas.
Dispositivo para tratar degeneração macular
O suporte de parilene (no alto) recebe um revestimento de células do epitélio pigmentar retiniano (embaixo) e é implantado cirurgicamente sob a retina para tratar a degeneração macular. (foto: Unifesp/ Cirm/ California project to cure Blindness)
Em testes em que o dispositivo foi implantado em porcos, os pesquisadores conseguiram estabelecer sobre o suporte 6.200 células/mm² – um nível de 5.000/mm² já é considerado normal. “As células de EPR na base de parilene retomam o processamento da drusa, impedindo seu acúmulo”, disse um dos coordenadores do estudo, o médico Rodrigo Brant, do Departamento de Oftalmologia da Unifesp, durante apresentação do trabalho na 28ª Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (Fesbe), realizada esta semana em Caxambu (Minas Gerais).
Brant explicou que as células de EPR usadas no dispositivo são derivadas de H9, uma linhagem de células-tronco embrionárias que se diferencia nas de EPR espontaneamente, sem necessidade de indução. “Um dos problemas de se usar células-tronco embrionárias é que os sistemas de indução podem levar essas células a gerarem tumores ou teratomas. Na H9, não há esse risco, mas ainda não se sabe por que ela se diferencia de maneira espontânea.”
Implante em olho de porco
Implante do dispositivo de parilene em um olho de porco. Em testes com esses animais, os pesquisadores conseguiram obter sobre o suporte um número de células superior ao considerado normal para a região. (foto: Rodrigo Brant)

Crescimento orientado

O pesquisador acrescentou que a escolha pelo suporte foi feita para se obter uma monocamada de células com orientação igual à das encontradas originalmente na retina. “O lado que fica voltado para os fotorreceptores possui vilosidades que fagocitam, isto é, capturam as drusas”, observou o médico. Segundo ele, a injeção das células sem o suporte resultaria em um aglomerado que acabaria sendo destruído por células do sistema imune.
“Um estudo de injeção sem suporte, publicado na revista científica The Lancet, foi alardeado como um grande feito. Mas depois se perceberam os problemas dessa técnica específica, o que levou ao abandono dessa pesquisa”, lembrou Brant.
“Não podemos começar o estudo sem essa aprovação e, portanto, ainda não estamos realizando o procedimento ou selecionando candidatos”
O estudo clínico no Brasil contará com 15 pacientes: cinco com a forma seca da degeneração macular, cinco com a forma úmida e cinco com a doença de Stargardt, uma degeneração macular de origem genética que ocorre em jovens. “Como é um ensaio de fase I, nosso objetivo principal é determinar a segurança da cirurgia e a viabilidade das células, bem como se elas migram da área implantada ou causam tumores”, explicou o pesquisador.
Se o estudo for aprovado pelo Conep, Brant informou que a triagem de pacientes para participar do ensaio deve começar em alguns meses. “É importante ressaltar que não podemos começar o estudo sem essa aprovação e, portanto, ainda não estamos realizando o procedimento ou selecionando candidatos.”

Fred Furtado *
Ciência Hoje/ RJ

* O jornalista viajou a Caxambu a convite da Fesbe.

Ciência Hoje
Brasileiros estudam usar células-tronco contra doença ocular
Método em teste visa cultivar células da retina e 'implantá-las' via cirurgia.
Estudo clínico com célula embrionária está entre primeiros do país.

Rafael SampaioDo G1, em Caxambu - o repórter viajou a convite da Fesbe

Implante no globo ocular de um rato (Foto: Divulgação/Bruno Diniz)Implante no globo ocular de um rato
(Foto: Divulgação/Bruno Diniz)
Pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) estão desenvolvendo uma forma de terapia utilizando células-tronco que pode, no futuro, ajudar a tratar um problema de visão que leva idosos à cegueira, a chamada degeneração macular relacionada à idade (DMRI). O projeto está em fase de testes e vem sendo desenvolvido em parceria com a Universidade do Sul da Califórnia, nos Estados Unidos. 
Detalhes foram apresentados nesta quinta-feira (22) pelos cientistas na reunião anual da Federação de Sociedades de Biologia Experimental (Fesbe), em Caxambu, Minas Gerais. A pesquisa ainda está em seu estágio inicial. Além da degeneração macular relacionada à idade, pessoas com outras doenças oculares que afetam a mácula (como as doenças congênitas maculares) poderão se beneficiar da terapia.
Os testes pré-clínicos com animais, como ratos, tiveram resultados satisfatórios, diz o pesquisador Rodrigo Brant, da Unifesp, que está fazendo seu doutorado sobre o assunto. Ele afirma que o projeto entrou em uma nova fase, a primeira etapa de testes clínicos em humanos - 15 pacientes com degeneração macular ou doença de Stargardt (distúrbio genético ligado à degeneração macular juvenil) vão ser selecionados para participar dos experimentos, que serão realizados no Brasil.
Pioneiro
Trata-se de um dos primeiros estudos clínicos com células-tronco embrionárias do país, afirma o professor de oftalmologia da Unifesp, Maurício Maia, um dos coordenadores brasileiros da análise. Uma das etapas da pesquisa é fazer com que células-tronco embrionárias se diferenciem em um tipo de célula específico da retina, o chamado epitélio pigmentar da retina (célula EPR), explica ele.
As células são cultivadas em um aparato bem fino, um tipo de membrana, para que fiquem alinhadas e sejam colocadas em posição bem próxima à encontrada dentro dos olhos. Uma vez feito o cultivo "in vitro", o plano é realizar uma cirurgia para inserir a membrana com as células EPR diferenciadas no globo ocular do paciente.
As células cultivadas devem "repor" as do epitélio pigmentar da retina que se tornaram disfuncionais ou morreram em razão da degeneração macular, afirmam os cientistas. Eles afirmam ter obtido uma linhagem celular estável, que apresentou baixo risco de formação de tumores em ratos. Este dado, diz Maia, é importante como base para a execução de futuros implantes em pacientes.
Evidências
Nos testes em ratos, a degeneração da retina desacelerou em animais que receberam a “reposição” de células EPR, em comparação com os outros, afirmou o pesquisador Bruno Diniz, também da Unifesp. O professor Maia ressaltou que a degeneração foi geneticamente programada nas cobaias.
Diniz, que defendeu seu doutorado recentemente, disse ainda que testes mostraram que os animais com “renovação” das células EPR mantiveram capacidade visual por mais tempo que os outros ratos sem implante.
A "organização" das células no suporte é importante para saber se elas terão maior funcionalidade, ressalta Diniz. "As células EPR no corpo humano estão alinhadas, em uma camada. Tem uma face delas que precisa ficar em contato com as células nervosas" para que elas funcionem corretamente, afirma o pesquisador.
O alvo da pesquisa é a degeneração macular ligada à idade. O problema atinge um grande grupo de idosos acima dos 65 anos em todo o mundo. São 700 mil pacientes diagnosticados com o problema por ano apenas nos EUA, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).
Os pesquisadores ressaltam que esta primeira etapa de testes terá como meta avaliar a segurança. Os procedimentos cirúrgicos, quais os instrumentos a serem utilizados, se as células sobrevivem após serem implantadas no olho também são aspectos a serem levados em conta. "Não é para avaliar eficácia, isso vai ocorrer numa segunda etapa", afirma Diniz.
Foi assinado um tratado de cooperação entre o grupo de pesquisa nos EUA e o CNPq, o que ajudou a fazer com que os testes sejam realizados no Brasil. A autorização pelo Comitê de Ética da Unifesp já foi dado, mas ainda falta o parecer final da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), ressalta Brant. “Pediram mínimos ajustes, estamos aguardando o ‘ok’ deles”, afirmou.
Não há prazo para a conclusão do estudo, de acordo com os pesquisadores, que esclarecem ter dado o “primeiro passo”. “Estamos ainda distantes de algum tipo de técnica definitiva que possa ser usado na prática médica em hospitais. É importante que pacientes com tais problemas de visão estejam cientes”, disse Maia. “No entanto, há um futuro muito promissor